Semana de 4 Dias Úteis. Economia com o Aumento da Produtividade?

Compartilhe

Para que diversos negócios sobrevivessem durante a pandemia da COVID-19, empresários tiveram que tomar medidas para dar continuidade na prestação de serviços de forma segura a seus empregados, como, por exemplo, aderindo ao home office, o trabalho de forma remota e semipresencial.
Contudo, sendo estas medidas adotadas, muitas empresas notaram que não houve qualquer repercussão negativa, uma vez que conseguiram manter a qualidade do serviço e a produtividade. À vista disso, a pauta da “semana de 4 dias úteis” que já era discutida há tempos, voltou em evidência.
A teoria, aplicada inicialmente na Islândia, e depois como teste em outros países europeus, é simples: durante o dia, nós temos um tempo limitado no qual nossa produtividade atinge o máximo. Assim, atentando-se aos dados de pesquisas realizadas nos países, quando é propiciado descanso adequado ao colaborador, há uma melhora significativa na qualidade de vida do empregado, gerando por consequência um aumento na produtividade.
A manutenção do salário integral é um dos preceitos básicos desta modalidade em teste, vez que a produtividade dos empregados continua a mesma e, caso houvesse redução, não haveria incentivo a sua adesão. Sendo importante ressaltar que o que se busca é o bem-estar do empregado, e – por consequência – garantir uma produção assertiva e de maior qualidade.

Você empresário, já conhecia a semana de 4 dias úteis e suas vantagens? É importante consultar a aplicabilidade e as possibilidades de teste no seu negócio! Entre em contato com um de nossos especialistas, será um prazer auxiliá-lo em todas as suas dúvidas sobre o tema!

Leia Também

AnyConv.com__Logo-Centro-Branco

Localização

Rua Enxovia, 472, Conjuntos 1409/1412
Chácara Santo Antonio – São Paulo

Contatos

5186-9599 / 5186-9591 contato@aoladvogados.com.br