A Responsabilidade Social do Empregador e o Assédio no Ambiente de Trabalho

Compartilhe

O assédio no ambiente de trabalho é algo que vem crescendo desde 2021, como apontam dados de estatística do Tribunal Superior do Trabalho. O problema vai além de um ato que muitas vezes acontecem camuflados por brincadeiras, é algo cultural e costumeiro entre as relações de trabalho sejam elas hierárquicas ou não.

Dessa forma, configura-se assédio moral condutas que extrapolam limites de relação de emprego, sendo realizadas com frequência através de gestos, atos, palavras ou até mesmo por meio de mensagens. Os exemplos mais comuns são: brincadeiras constrangedoras e apelidos ofensivos.

Já o assédio sexual caracteriza-se por constrangimento por meio de palavras, gestos ou atos, com o fim de obter vantagem ou favorecimento sexual, prevalecendo-se o assediador da sua condição de superior hierárquico ou da ascendência inerente ao exercício de cargo, emprego ou função.

É importante que as empresas tenham dentro de seu funcionamento um programa de prevenção que traga informações sobre este assunto e canais de denúncia, visando um ambiente de trabalho saudável e respeitoso entre seus funcionários, evitando dessa forma demandas contra a empresa que terá que se responsabilizar pelo dano causado ao empregado que sofreu qualquer tipo de assédio.

O Tribunal Superior do Trabalho lançou uma cartilha e vídeos destacando as formas de evitar o assédio moral no trabalho, podendo as empresas se inspirarem nas informações e aplicar as medidas dentro do ambiente de trabalho, disponibilizando os canais de denúncia e encorajando as vítimas a denunciarem para a efetiva punição dos que praticarem o ato.

Está passando por alguma das situações mencionadas acima ou conhece alguém que esteja sofrendo assédio no ambiente de trabalho? Entre em contato conosco, um especialista poderá lhe ajudar!

Leia Também

AnyConv.com__Logo-Centro-Branco

Localização

Rua Enxovia, 472, Conjuntos 1409/1412
Chácara Santo Antonio – São Paulo

Contatos

5186-9599 / 5186-9591 contato@aoladvogados.com.br